top of page

Testemunho da Irmã Mª Madalena




O meu nome é Madalena, tenho 27 anos e sou do Seixal, diocese de Setúbal. Fiz a minha caminhada cristã no seio de uma paróquia pequena mas muito ativa. Pertencia aos escuteiros, ajudei na catequese e fiz também parte do grupo de jovens da minha paróquia. Tinha dentro de mim uma grande inquietação e muitas dúvidas sobre Deus, sobre a Igreja, sobre a fé, sobre a minha missão neste mundo e não fazia ideia onde encontrar tantas respostas. Questionava-me tantas vezes do porquê existir, que sentido tinha a minha vida. Queria muito dar-me aos outros, gastar a vida a fazer o bem aos outros porque sentia que era no despojamento e no sair de mim mesma, que podia encontrar a verdadeira felicidade.

Andei numa grande luta interior para aceitar que Deus me chamava à vida consagrada, tinha imensa vergonha de admitir que queria ser freira. “Ninguém da minha idade quer ser freira, nem sequer há freiras da minha idade! As freiras são todas velhinhas e rabugentas”- pensava eu. Até que o meu pároco me trouxe a este Mosteiro para fazer uma experiência vocacional e foi assim que todas as minhas dúvidas e preconceitos se dissiparam.

O Senhor mostrou-me a beleza de uma vida totalmente entregue e sacrificada pelos outros, percebi que há almas que no silêncio e no ocultamento das suas vidas fazem tamanho bem a este mundo tão sedento de paz e amor. Descobri que a oração é o maior gesto de amor e humildade que podemos ter por alguém. Descobri também que as mulheres que aqui viviam eram felizes e tinham um coração tão grande e tão disponível que se dilatava por todos os que as rodeavam e lhes pediam orações.

Senti que tinha encontrado o meu lugar e depois de terminar os estudos, fiz o 1º ano da faculdade e não pude esperar mais! O meu coração estava inquieto e eu só queria ser de Deus! Arrisquei tudo e vim viver esta aventura, descobrindo em cada dia aquilo que o Senhor queria realmente de mim.

Depois de quase nove anos de formação e discernimento, dei o meu SIM definitivo ao Senhor. No passado dia 4 de Maio fiz os meus votos Solenes, isto é, prometi a Deus viver em castidade, pobreza e obediência para sempre, numa vida oculta com Cristo em Deus. Foi uma cerimónia muito bonita, presidida pelo Sr. Bispo D. António Luciano, e estiveram também presentes muitos sacerdotes, a minha família e amigos. É difícil descrever a alegria e a paz que sinto! Encontrei o meu lugar, encontrei um Deus que não posso deixar, encontrei a minha felicidade em servir e amar! Sou feliz porque sou de Jesus.


Ir. Maria Madalena de Jesus, OIC







 

481 visualizações

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page